treinamento de segurança

5 itens que não podem faltar em um treinamento de segurança do trabalho

Existem alguns itens que não podem faltar em um treinamento de segurança do trabalho, hoje vamos falar de 5 deles. Esses podem vir a garantir o sucesso do treinamento. Confira!

Hoje nós separamos cinco itens que acreditamos que não devem faltar em um treinamento de segurança do trabalho, isso porque eles influenciam diretamente na efetividade do treinamento e podem garantir o sucesso do mesmo. Vamos lá?

1. A segurança do trabalho como valor para a empresa

Quando a segurança do trabalho é tratada como valor ela passa a ser uma supremacia e isso contribui para a seriedade do assunto.

Imagine uma empresa que desde o inicio do treinamento trata a segurança como valor, que envolve a diretoria com o movimento de conscientização de segurança e que demonstra o compromisso com a saúde e bem estar dos trabalhadores, em contra partida, imagine outra empresa que apenas aplica o treinamento por obrigação a atender as normas exigidas pelo MTE.

Demostrar a importância que a empresa dá a segurança influencia diretamente o compromisso também dos trabalhadores, isso porque cria um senso de responsabilidade muito maior.

participação dos colaboradores

2. Fornecer treinamentos de qualidade

Os treinamentos devem sempre respeitar a carga horária exigida pelo MTE e principalmente fornecer conteúdo completo e de qualidade. De nada adianta passar o compromisso da empresa com a segurança, se ela não reserva tempo e recursos para oferecer um treinamento de qualidade.

Quando falamos de qualidade vai desde a contratação de um profissional muito bem qualificado para aplicação do treinamento (no caso dos treinamentos presencial ou interno), como também da escolha da melhor plataforma e metodologia de treinamentos a distância.

Hoje a INBEP se destaca entre as empresas que oferecem cursos e treinamentos online de segurança do trabalho para empresas e profissionais. Com a nossa plataforma, você ganha acessibilidade, conteúdo padronizado para todos os funcionários, possibilidade de gestão do treinamento e uma metologia de ensino fácil e efetiva, tudo isso em uma plataforma com baixo custo de implantação! Confira todos os cursos em: http://inbep.com.br/cursos/

Também oferecemos treinamentos InCompany, conheça nossa proposta: https://goo.gl/CpPnf8

3. Fornecer e garantir o uso dos EPIs

Os EPIs são um dos principais elementos para a segurança do trabalho, isso porque o equipamento de proteção individual é responsável diretamente pela integridade do trabalhador.

O fornecimento, a orientação, a utilização e a fiscalização na utilização dos equipamentos de proteção individual é de fundamental importância para a conscientização dos funcionários e o êxito da empresa.

Importante também lembrar que todos devem estar nos parâmetros da NR-06.

Veja também o texto: “O que é um EPI?”

treinamento de segurança

4. Acompanhar os resultados

Após realizado o treinamento, deve-se então acompanhar os resultados e revisar as medidas de segurança (foram realmente efetivas? surgiu algum risco não encontrado antes?…). Um treinamento de segurança do trabalho é sempre revisado, pois muitos fatores podem influenciar o surgimento de novos riscos e cabe a empresa estar de olho neles! converse com os trabalhadores periodicamente e escute o que todos tem a dizer, afinal eles trabalham diariamente com os riscos.

Veja também o E-book gratuito: “Como medir e otimizar os resultados de um treinamento”

5. Otimizar!

Após o acompanhamento dos resultados, otimize sempre que necessário. Sempre há possibilidade de melhorar a política e as medidas de segurança do ambiente de trabalho, afinal, segurança nunca é demais certo? Com estes 5 tópicos você poderá realizar um treinamento de segurança com sucesso!

Conhece mais algum que não falamos? Deixe sua opinião nos comentários!

Banner-resultados-fantásticos-treinamento-online

Posts Relacionados

Compartilhe :facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *