VASOS DE PRESSÃO

7 Dicas para manuseio de Vasos de Pressão

Neste post vamos falar sobre vasos de pressão, sua finalidade e 7 dicas para manuseio de vasos de pressão, a qual se refere a norma regulamentadora 13.

A NR-13

A norma regulamentadora nº 13 estabelece os requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação nos aspectos relacionados à instalação, inspeção, operação e manutenção, visando à segurança e à saúde dos trabalhadores.

Veja também o texto “NR-13: Entenda mais sobre esta norma do MTE”

Para que serve os vasos de pressão?

Os vasos de pressão servem para as seguintes finalidades:

  1. Armazenar gases sob pressão, para que possam ter um maior peso num volume relativamente pequeno;
  2. Acumulação intermediária de gases e líquidos, em sistemas onde é necessária essa função, entre as etapas de um mesmo processo ou mesmo entre processos diferenciados entre si;
  3. Processar gases e líquidos, quando o processo de transformação exige que as condições sejam feitas sob pressão.

7 Dicas de manuseio de Vasos de Pressão

  • Ao manusear o vaso , nunca levante o mesmo por um único olhal (ponto de fixação);
  • Tenha certeza de que o vaso esteja despressurizado antes de afrouxar ou soltar quaisquer conexão de vaso; Sempre desconfie da leitura do manômetro com redundância em favor á segurança dos envolvidos. Deve-se abrir uma válvula de purga do sistema até perceber que não há mais pressão;
  • O operador de vasos deve ter costume de verificar diariamente se a pressão de trabalho ou de operação está conforme especificado na placa de identificação instalada no vaso;
  • De acordo com a NR-13 –  13.6.4b – todo vaso deverá possuir um livro denominado “registro de segurança”. O usuário final do vaso deve anotar todas as ocorrências relevantes como manutenções, inspeções, trocas ou aferições de dispositivos de segurança, etc..;
  • Os dados associados  á resistência mecânica do Vaso de Pressão referem-se as suas condições nominais de projeto;
  • Jamais deve-se executar reparos ou serviços de solda nas partes pressurizadas do Vaso de Pressão, sem consultar o profissional habilitado ou fabricante. Somente podem-se executar reparos ou serviços de solda mediante um projeto de alteração ou reparo (PAR), concebido por profissional habilitado segundo a norma NR-13.
  • Deve-se realizar anualmente aferição dos equipamentos de segurança, quais sejam, o manômetro ou pressostato (caso o sistema esteja acoplado a um compressor). As válvulas de descarga / segurança devem ser desmontadas, inspecionadas e calibradas na oportunidade da inspeção interna periódica, conforme definido na NR-13 (item 13.10.4). Devem-se efetuar os ensaios em local e dispositivo não acoplado ao Vaso de Pressão;

 

VASOS DE PRESSÃO

 

Para conferir mais dicas como estas e baixar um relatório de inspeção de vaso de pressão, clique aqui.

Pensando nisso a INBEP desenvolveu um Curso da NR-13 Operador de Caldeiras, de 40H. Para mais informações acesse aqui.

Posts Relacionados

Compartilhe :facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail