acidentes de trabalho

Acidentes de trabalho: cuidado, você poderá sofrer um!

A rotina de uma pessoa quando deixa sua casa, segue para o trabalho, cumpre sua jornada e retorna para sua casa é quase sempre igual todos os dias, exceto quando acontecem, por exemplo, os acidentes de trabalho.

Parece uma situação distante da realidade, algo que acontece com outras pessoas, mas que na verdade ninguém está a salvo dessa situação e qualquer descuido poderá custar a vida.

A seguir veremos o quão comuns são os acidentes de trabalho e a importância de uma cultura de segurança mais ativa no cotidiano dos trabalhadores e das empresas.

Entenda sobre cultura de segurança acessando: Como melhorar a cultura da saúde e segurança do trabalho

Mas afinal, o que é acidente de trabalho?

Conforme o artigo 19 da Lei nº 8.213/91, acidente de trabalho é:

“o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho dos segurados referidos no inciso VII do art. 11 desta lei, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho”.

Diante dessa afirmação expressa em Lei, podemos considerar que os acidentes de trabalho são fenômenos que ocorrem com trabalhadores no exercício das funções laborais, causando danos não apenas aos trabalhadores ou às empresas, mas também aos familiares, que terão que conviver com essa situação.

No Brasil, segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), desde 2012 foram estimados 3.832.529 acidentes de trabalho formalizados pelo CAT (Comunicação de Acidente do Trabalho) e 14.410 mortes acidentárias notificadas, isso quer dizer que acontece 1 acidente de trabalho a cada 47 segundos e 1 morte a cada 3 horas e meia. Os dados são assustadores, sem contar os acidentes e mortes não formalizados aumentando mais as estatísticas. Por essa razão reforçamos a importância de uma cultura de segurança mais ativa garantindo a integridade de todos os envolvidos.

Saiba mais em: Aconteceu um acidente de trabalho na empresa, o que fazer?

Quais as razões dos acidentes de trabalho?

São inúmeras as razões para que os acidentes de trabalho ocorram, as mais comuns são o uso inadequado/incorreto dos equipamentos de proteção, falta de informações sobre segurança no trabalho, descaso por parte das empresas, pressão na entrega das obras, exaustão de trabalho, estresse, enfim, a lista é extensa. A falta de treinamento correto para cada atividade exercida pelo trabalhador também é um fator que devemos considerar, pois algumas atividades exigem os treinamentos das normas regulamentadoras exigidas pelo MTE justamente para evitarem os acidentes de trabalho.

Em 1978, através da Portaria nº 3.214, foram aprovadas 28 (vinte e oito). Atualmente temos 36 (trinta e seis) NR’s aprovadas pelo o Ministério do Trabalho e Emprego. Veja quais são as essas NR’s:

Para ter ideia, entre Janeiro e Outubro de 2015, foram realizadas 84.275 inspeções em segurança e saúde do trabalho em todos os setores econômicos do Brasil, num totalizando 64.374 notificações e 92.331 autuações, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego.

Em 17/10/2017, na cidade de Blumenau/SC, um trabalhador de 38 anos sofreu um acidente na empresa que trabalha, a mão direita ficou presa em uma máquina laminadora, o Corpo de Bombeiros foi acionado e a mão do trabalhador foi removida da máquina com ferimentos que comprometiam os tecidos e os tendões, ele foi levado ao hospital, noticiada pelo Jornal de Santa Catarina.

Em Brusque/SC, no dia 21/09/2017, um trabalhador de 37 anos sofreu fratura exposta na tíbia e da fíbula, após uma peça metálica de aproximadamente 100 quilos cair sobre a perna direita, também noticiada pelo Jornal de Santa Catarina.

Dois trabalhadores morreram soterrados na cidade de Anápolis/GO na data de 06/09/2017, segundo o Corpo de Bombeiros, os dois estavam em uma vala no momento do acidente. As vítimas prestavam serviço em uma obra do Minha Casa Minha Vida. A perícia confirmou que os trabalhadores estavam usando os EPI’s, entretanto, o uso dos equipamentos de segurança não foi suficiente quando não se tem fiscalização técnica no local, relatou outro trabalhador. Matéria feita pelo G1 de Goiás/GO.

Um trabalhador morreu após explosão de um tanque de combustível enquanto manipulava o maçarico, o caso ocorreu em Maceió/AL no dia 26/09/2017, segundo a perícia do Trabalho, a vítima laborava sob risco iminente de acidente, pois o tanque possuía resíduos de material inflamável. O caso está sendo investigado pelo Ministério Público do Trabalho. Reportagem de TNH1 – R7Notícas (Rádio e Televisão Record S.A).

explosão

Esses não foram os únicos casos de acidentes de trabalho, muitos outros aconteceram e vão acontecer. Essa é importância do investimento em treinamentos e cultura de segurança do trabalho nas empresas. Infelizmente muitas empresas tratam o assunto com descaso, não levando em consideração a segurança e saúde dos trabalhadores e por outro lado, trabalhadores que resistem em seguir os procedimentos de segurança por acharem desnecessários.

A INBEP possui treinamentos de segurança online e InCompany, com certificação em conformidade com as Normas Regulamentadoras exigidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Para saber mais sobre os cursos ofertados, acesse o site da INBEP: http://inbep.com.br/

Compartilhe :facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail