Como reduzir números de multas de trânsito por frotas?

Neste post vamos analisar alguns itens que ajudam a reduzir o número de multas de trânsito por frotas, a fim de evitar gastos e acidentes com os trabalhadores. Confira!

Em maio deste ano foi informado que a partir do dia 01 de novembro de 2016 as infrações de trânsito ficariam mais pesadas, com o aumento de até 66%, onde valores iriam de R$ 88 (para infração leve) a R$ 293,47 (para infrações gravíssimas). Além disso, a lei também mudaria algumas categorias de infrações, tornando-as mais graves, como por exemplo: falar ao celular e estacionar em vaga de idosos.

Isso significa que não estar conforme as leis de trânsito já passa a pesar mais no bolso do motorista, mas isso pesa não só para eles, mas principalmente para empresas que operam com sistema de frotas, pois as multas geradas pelos trabalhadores podem pesar no caixa da empresa.

Então como estas empresas podem reduzir gastos proveniente das multas de frotas? Confira a seguir:

1# Conscientização e Treinamento de frotas

Instruir os trabalhadores e criar conscientização sobre os perigos das estradas e medidas preventivas é uma item importante que garante a segurança e integridade do trabalhador, assim como ajuda na redução de custos que podem provir de acidentes ou multas de trânsito.

A INBEP oferece o Curso Online e InCompany de Direção Defensiva, onde os trabalhadores poderão estudar todos os elementos e medidas preventivas da direção defensiva.

Na modalidade online, a plataforma de treinamento oferece a opção onde o gestor pode controlar o andamento dos estudos de todos os colaboradores e verificar os que não estão conseguindo ou tem muita dificuldade em passar na prova que acontece ao final do curso.

Já na modalidade InCompany, um instrutor é designado para ministrar o treinamento dentro da própria empresa, evitando o deslocamento de funcionários. Independente da localidade, nossa equipe possui instrutores altamente qualificados em todo o Brasil. Estes especialistas poderão elaborar um conteúdo totalmente adaptado às necessidades de seus colaboradores.

Treinamento InCompany de Direção Defensiva feito pela INBEP na empresa IOIO.

2# Manutenção periódica também é prevenção!

Nada adianta o motorista saber todas as medidas preventivas da direção defensiva, estar qualificado e com certificado em dia, se não há manutenções nos veículos da frota. A manutenção deve sempre estar em dia, assim como a sua documentação como IPVA, seguro  DPVAT, entre outras licenças.

Lembrando que existem também infrações de trânsito refente ao estado dos veículos, como por exemplo: a multa por veículos com pneus carecas, má conservação do veículo, problema nas lanternas e mais! Todos esses podem influenciar diretamente na segurança do trabalhador.

frotas

3# Recorrer multas de trânsito

Do ponto de vista econômico para as empresas, também há possibilidade de recorrer as multas geradas pelos motoristas, pois podem vir a ocorrer erros pelo sistema de fiscalização, como dados que podem não bater com o veículo (placa, modelo e cor dos veículos…) ou então erros referentes a radares irregulares, que podem ser anulados posteriormente.

É importante sempre otimizar e controlar todos os processos, assim empresas podem se proteger de multas e acidentes de trânsito. Portanto, tenha em mente sempre manter seus trabalhadores treinados, com documentação em dia, não esqueça de realizar manutenções periódicas dos veículos e inspeções e se for o caso, recorrer as multas de trânsito!

Gostou? Deixei seu comentário!

CURSO-DIRECAO-DEFENSIVA

Posts Relacionados

Compartilhe :facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail