condições de segurança do sep

Condições de Segurança do SEP

A sigla SEP significa Sistema Elétrico de Potência, cujo tem a sua existência jurídica pela norma regulamentadora 10 do Ministério do Trabalho, hoje vamos falar de alguns riscos e condições de segurança do SEP.

Relembrando: A sigla SEP significa Sistema Elétrico de Potência estabelece que todos os trabalhadores que intervenham em instalações elétricas energizadas com alta tensão e que exerçam suas atividades dentro dos limites estabelecidos como zonas controladas e de risco, conforme subitem 10.7.1. da NR-10, devem receber treinamento de segurança, específico para o Sistema Elétrico de Potência – SEP.

Confira também o texto: “Requisitos para serviço em alta tesão”

Riscos típicos e Condições de Segurança do SEP

Proximidade e contatos com partes energizadas

Importante indagar de início o seguinte: o colaborador que milita no dia a dia com energia elétrica, realmente, desfruta de proximidade segura a fim de não propiciar um trágico contato direto? Procurando responder esta questão é que se procurará esclarecer alguns aspectos importantes:

  • Distanciamento seguro;
  • Iluminação adequada;
  • Ventilação adequada;
  • Posição de Trabalho adequada.

Distanciamento seguro

Inicialmente a distância segura é aquela que permite ao colaborador o desenvolvimento de seu trabalho com o risco elétrico neutralizado, isto é, é eliminado. Isto é, sua exposição ao risco ou aos seus efeitos não causará lesão de qualquer nível de gravidade e, consequentemente, sequer invalidez permanente ou morte, desde que a condição de trabalho promova, em outros quesitos, a mesma segurança que a assegurada em nível elétrico. A adoção de medidas que eliminem o risco elétrico só é válida se forem aplicadas conjuntamente, isto é, de forma interdependente e não isoladamente.

Pela tabela do anexo II da NR 10, vemos que para tensões de 13.200 Volts no ponto energizado, a distância para a qual já se torna necessária a adoção de técnicas e instrumento apropriado por parte de profissionais autorizados é a partir de 38 centímetros de distância radial em relação a esse ponto energizado. Além dessa distância, isto é, acima dela, a adoção de técnicas, nem o uso de instrumentos apropriados não são mais necessários, porém só é permitido o ingresso de profissionais autorizados até 1,38 metro.

Iluminação adequada 

Sem que haja uma iluminação adequada, segundo prescreve a NR 17 (ergonomia) em seu subitem 17.5.3.3. (que agrega a NBR5413), o risco de acidente de origem elétrica ficará certamente elevado. Iluminação adequada não só diz respeito ao nível de iluminamento, em luzes, mas também quanto ao aparelho utilizado, a periodicidade da manutenção, a cor das paredes, do piso e dos equipamentos, sendo tudo, em conjunto, reflexo de um projeto eficiente de luminotécnica em todos os locais onde possam existir trabalhos em redes elétricas, pertencentes ou não ao SEP.

Ventilação adequada

O mesmo aplica-se à ventilação. Sendo normal ou forçada, deverá garantir diluição de qualquer que seja o agente estranho à mistura (ar): gases, sejam explosivos, asfixiantes ou tóxicos, particulado em grânulos de dimensões que caracterizem explosividade, fibras, etc., garantindo condição segura ao colaborador.

Posição do trabalho adequada

Problema comum nas áreas industriais, via de regra é comum que colaboradores estejam submetidos a verdadeiro ‘contorcionismo’ para alcançarem determinados pontos da instalação, quando não, profissionais deverão recorrer a aulas de alpinismo para alçarem posições que facilitem regulagens e reparos.

Além disso, podemos contar também outras influências como aquelas advindas do meio ambiente, como a temperatura do ambiente, presença de água, presença de substâncias corrosivas ou poluentes, presença de fauna e flora,radiação solar, etc.

O choque elétrico é o agente mais perigoso para este trabalho, isso porque ele pode provocar contrações musculares de altíssimo nível, as quais podem causar graves danos e ocasionar até a morte. Existe também a possibilidade de queda em altura, caso o colaborador trabalhe nesta modalidade, neste caso ele deve estar de acordo com a norma regulamentadora 35, quanto aos Epis.

Confira também o texto: “Os Epis nos Trabalhos em Altura”.

Pensando nisso, a INBEP desenvolveu um excelente Curso online da NR-10 SEP, com certificado reconhecido pelo MTE. Para obter mais informações sobre o curso, clique aqui.

Gostou do post? Deixe sua opinião nos comentários!

conheça_cursos_online

Posts Relacionados

Compartilhe :facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail