trabalhos em altura

Os EPIs nos Trabalhos em Altura (NR-35)

Neste artigo iremos explorar os EPIs – Equipamentos de Proteção Individual – relativos aos trabalhos em altura, você irá conhecer as obrigatoriedades do empregador e do empregado e uma série de exemplos de EPI para realização deste tipo de atividade. Veja a seguir:

Vamos relembrar o conceito…

Como falamos anteriormente aqui no blog, o EPI é uma ferramenta muito importante para garantir a segurança dos trabalhadores, entende-se por EPI todo dispositivo de uso individual, a fim de proteger a saúde e integridade física do trabalhador. Só pode ser comercializado e utilizado, se possuir o Certificado de Aprovação – CA,  que é o numero expedido pelo MTE e que consta  no próprio equipamento.

Veja também: “Como escolher o EPI correto? veja o que considerar”

 

 

Obriga-se ao empregador, quanto ao EPI:

  • Adquirir o tipo adequado á atividade do empregado;
  • Treinar o trabalhador sobre o uso adequado e tornar seu uso obrigatório;
  • Substituí-lo quando danificado ou extraviado, higienizá-lo e fazer sua manutenção;

Obriga-se ao empregado, quanto ao EPI:

  • Usá-lo para o fim a que se destina a responsabiliza-se por sua guarda e conservação;
  • Comunicar o empregador alteração que torne seu uso impróprio.

Na seleção dos EPI devem ser considerados, além dos riscos a que o trabalhado esta exposto, os riscos adicionais.

banner nr-35 horizontal

Exemplos de EPI em Trabalhos em Altura:

1. Trava Quedas

 

 

2. Cinto de Segurança tipo pára-quedista

 

 

3. Capacete com Jugular

 

 

4. Talabartes Ajustáveis

 

 

5. Talabartes Simples

 

 

6. Talabarte Y

 

 

7. Botinas de Segurança

 

 

8. Óculos de Segurança

 

 

9. Luvas de Segurança

 

 

Pensando nisso, a INBEP desenvolveu um excelente Curso da NR-35, onde atende as exigências do MTE quanto a carga horária e conteúdo programático. O curso é totalmente teórico e online, você recebe a certificação por e-mail e também impressa por correios após a conclusão da prova! Confira mais informação sobre o curso NR-35

Gostou do post? Deixe sua opinião nos comentários!

Posts Relacionados

Compartilhe :facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail