altura em instalações

Trabalhos em altura em instalações elétricas ou imediações

Hoje vamos falar de algumas recomendações para trabalhos em altura em instalações elétricas ou imediações destas, como: linhas elétricas, subestações de transformação ou distribuição, emissores de rádio ou de televisão, etc…

Dado que muitos trabalhos são efetuados quando estas instalações estão sobre tensão, a empresa deve ter em conta o risco elétrico adicional quando avaliar os riscos associados ao trabalho em altura em instalações elétricas.

Antes mesmo do início dos trabalhos, há que proceder com uma visita ao local para determinar se o trabalho será efetuado em instalações elétricas ou nas imediações destas. Para todos os trabalhos em ou perto de peças sob tensão, há que usar sempre o seguinte:

  • Equipamento de segurança isolador;
  • Equipamento de proteção individual isolador (por exemplo, capacete com tira isoladora para o queixo, sapatos de segurança com a sola isoladora, óculos de proteção contra centelhas);
  • Ferramentas isoladoras, e etc.

 

altura em instalações

 

Se as condições meteorológicas puserem em perigo a segurança, (nevoeiro espesso, vento, chuva ou neve) o trabalho deve ser interrompido ou não iniciado.É importante ressaltar que  para maiores conhecimentos e instruções para o trabalho com instalações elétricas deve-se consultar o treinamento NR-10 Básico e NR-10 Complementar (SEP).

O trabalho de natureza não elétrica nas imediações de instalações elétricas

Muito trabalho de natureza não elétrica em altura – por exemplo, trabalho de montagem, transporte e poda, pintura, montagem de andaimes, trabalho com motores de construção ou dispositivos de elevação – tem de ser efetuada na proximidade de instalações elétricas, ou seja, perto de linhas de transporte de energia elétrica, estações de transformação ou distribuição ou emissores de rádio ou de televisão.

Nesses casos a entidade empregadora responsável pelo trabalho deve, após a visita ao estaleiro ou posto de trabalho, ter em conta este risco elétrico adicional na sua avaliação dos riscos associados ao trabalho em altura e tomar medidas de segurança apropriadas adicionais, além disso a mesma também deve contatar o operador da rede e as autoridades responsáveis nos termos da legislação, para que elas possam dar o seu acordo ás medidas preventivas.

O que são riscos adicionais?

Todos os demais grupos ou fatores de risco, além dos existentes no trabalho em altura, específicos de cada ambiente ou atividade que, direta ou indiretamente, possam afetar a segurança e a saúde no trabalho.

As seguintes medidas de segurança listadas por ordem de importância decrescente, provaram a ser eficazes:

  • Eliminar o risco, suprimindo a tensão ou isolando as instalações elétricas ou a linha de transporte de energia elétrica;
  • Mudar a linha de transporte de energia elétrica de lugar antes do início do trabalho, especialmente se tiver de ficar novamente operacional quando o trabalho de construção terminar;
  • Barreiras para impedir o acesso á instalações sob tensão;
  • Adaptar o equipamento e os procedimentos de trabalho á situação;
  • A solução técnica de ligar á terra as ferramentas metálicas também deve ser considerada.

Trabalho em peças sob tensão ativa

Em certas condições, por exemplo, se não for possível fazer com que as peças ativas fiquem sem corrente, pode ser necessário realizar certas tarefas em peças sob tensão. Este trabalho é especial, pelo o que a entidade empregadora deve garantir que:

  • O trabalho em peças ativas sob tensão apenas seja efetuado em conformidade com os métodos de trabalho testados e seguros;
  • O trabalho é executado apenas por trabalhadores experientes em matéria de eletricidade, treinados para este tipo de trabalho e que conheçam e implementem as medidas de segurança;
  • Sejam usados equipamentos e ferramentas adequados ao processo de trabalho e á diferença de potencial; sejam tomadas medidas de segurança técnicas, organizacionais e individuais especiais, para garantir a proteção contra riscos elétricos;

Veja tambem o post: “Qualificação, Habilitação e Capacitação do trabalhador na NR-10”

Pensando nisso, a INBEP desenvolveu uma plataforma especialmente para empresas que desejam capacitar os seus funcionários nos treinamentos obrigatórios em segurança do trabalho, de forma simples e centralizada. Conheça o Curso da NR-10 Básico, NR-10 Complementar (SEP) e NR-35 Trabalhos em Altura.

Posts Relacionados

Compartilhe :facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail